Telheiras FC vs Holanda

Telheiras FC 1 vs 3 Holanda

Dois históricos da Divisão AllStars, Telheiras e Holanda, reencontraram-se nesta divisão principal dando o pontapé de saída desta 3ª jornada. A Holanda recuperou bem de um desvantagem inicial para vencer por 3 x 1 e conquistar assim os primeiros pontos da época.

O Telheiras apresentou-se com grande parte do seu plantel faltando apenas a sempre importante posição de guarda-redes com João Pinto a improvisar o habitual papel de Francisco Rodrigues. A Holanda, à ausência de José Lupi somou ainda a de Jorge Martins ficando o sector defensivo um pouco reestruturado. O jogo começou vivo e animado com a bola a rondar as baliazas desde cedo. Tiago Guedes começou a partida de forma azarada levando logo uma bolada na face tendo Bruno Santos aproveitado a sua desorientação para alvejar pela primeira vez a balizar dos Telheiras. Muito rápidos a sair para o ataque, o Telheiras aproveitou o inicial desajuste defensivo laranja e o inevitável Kiko Oliveira foi o grande responsável pela inauguração do marcador embora o golo tenha sido considerado auto-golo de Diogo Tamagnini. Kiko voltou a criar perigo atraido o guardião Rui Tavares para longe da sua baliza desocupada. A Holanda, numa altura importante, equilibrou pouco depois a partida com Bruno Gonzalez a facturar ao segundo poste após um desvio ao primeiro na sequência de um canto.

O jogo continuou bastante equilibrado com as equipas a respeitarem-se mutuamente mas a Holanda a procurar ter maior iniciativa. A “laranja mecânica” ensaiou várias vezes o remate de meia distância tentando beneficiar do facto do guarda-redes não ser o titular mas este mostrou-se à altura sempre que obrigado a intervir. Bruno Gaspar fez um lançamento longo de grande qualidade para Bruno Santos, no meio da defesa, mas este dominou mal o passe e perdeu-se a oportunidade. O Telheiras começava a ter maiores dificuldades em criar perigo e, perto do descanso, o central Francisco Lourenço (bom jogo) antecipou-se bem a Gonzalez para cortar um cruzamento rasteiro de Manuel Fernandes que havia lançado rapidamente o contra-ataque.

Na segunda metade a Holanda foi mais equilibrada e cedo chegou à vantagem no marcador por intermédio de Vitor Fiqueiredo. O Telheiras não conseguiu responder como desejaria e seria a Holanda a aumentar a vantagem para 3×1 desta vez por Diogo Tamagnini. O Telheiras passou depois a tomar as rédeas na procura de chegar ao empate enquanto que a Holanda, satisfeita com a vantagem conseguida, passou a gerir o resultado e a explorar mais o contra-ataque. Faltando alguma inspiração e criatividade no último terço do terreno ao Telheiras, acabou por ser a Holanda a dispor das melhores ocasiões de marcar com Gonzalez a atirar contra Pedro Rita já na pequena área e noutro lance Manuel Fernandes a esticar-se para rematar de esquerda e obrigar o redes a defender com os pés para canto.

Boa vitória da Holanda que soma assim os primeiros pontos da época e iguala o Telheiras numa época que se adivinha difícil para ambos e em que a manutenção será o primeiro objectivo em mente.

~ por Fran em Junho 29, 2008.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: