Telheiras FC vs Bayern Manique

Telheiras FC 1 vs 5 Bayern Manique

O campeão em título entrou da melhor forma na nova temporada, os Bayern de Manique golearam o Telheiras/nlimobiliaria por 5×1!

Sob o olhar do presidente João Uva, a esquadra alemã partiu para uma exibição “à Bayern”, as férias fizeram bem aos campeões, que surgiram fresquinhos no regresso dos jogos a Pina Manique! Foi uma exibição em alta rotação, com o resultado construído na primeira parte a influir no desfecho da partida! Os primeiros sinais de perigo vieram dos campeões, um par de remates a ameaçar o golo, outro a ficar parado no “charco” na área contrária, e com o primeiro golo a surgir, um remate de António Patrício com Francisco Rodrigues anormalmente a facilitar, abrindo-se assim o activo! Já se sabe que o Bayern não é equipa de se encostar à sombra de uma bola de vantagem, a equipa manteve a pressão e insistiu, e pouco depois Frango redimiu-se com uma excelente defesa, a novo remate de António. A equipa acabaria por chegar ao segundo golo, grande investida de Zé Sanches pelo flanco direito, o cruzamento certeiro, com Hugo Anão num piscar de olhos a receber e disparar com êxito, finalização à ponta de lança! O Telheiras tinha de reagir, e com Pedro Clementes e Pedro Cardoso muito sozinhos na luta do meio-campo, não era fácil a vida da equipa de branco! Ainda assim, fruto de boa troca de bola, a equipa conseguia fazer chegar a bola à área contrária, mas Kiko Oliveira e André Sá encontravam um mar de pernas pela frente, não tendo espaço para visar com êxito a baliza contrária! Do outro lado, Zé Patrício começava a procurar o golo, excelente tiro ao lado! Pouco depois, chegou o 3×0 para o Bayern, num lance em que o árbitro considerou faltoso um corte de Kiko Oliveira, a um contra-ataque contrário. À distância o lance é impossível de analisar, e o árbitro estava bastante longe da área e foi peremptório em marcar a falta, perante os justificados protestos de Kiko! Na conversão, Zé Patrício atirou colocado, Frango adivinhou o lado mas não chegou ao esférico. Antes do descanso, o Telheiras reduziu a margem, Kiko entrou na área, sofreu um toque o árbitro marcou a grande penalidade, que o próprio transformou com êxito!

A etapa complementar ainda deixava alguma margem para a discussão do resultado, mas para isso era preciso que o Telheiras chegasse cedo ao golo, e a equipa criou uma grande oportunidade, mas na cara do golo a bola acabou por sair ao lado do poste! E na resposta, outro falhanço, desta vez António Patrício com tudo para marcar a atirar ao lado! Pouco depois, Fran foi expulso por derrubar um adversário isolado, rude golpe para o Telheiras, que pouco depois viu o Bayern dar a estocada final na partida, remate de Zé Patrício, defesa de Frango, recarga pronta de Hugo Anão para o golo! Foi então tempo de Nikitas Kokorelis, regressado do hemisfério sul, mostrar o que pode dar ao seu Bayern, grande arrancada, ludibriando os adversários, com o remate a sair à barra! Endiabrado, Nikitas continuava “a jogar PES”, e em mais uma jogada individual fez uso da sua técnica para ludibriar os defesas, servindo Zé Patrício que não se fez rogado, e fez mais um golo!

Vitória sem contestação dos Bayern, ante um Telheiras longe do que sabe e irá certamente fazer!

~ por Fran em Janeiro 4, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: