Fechado!

•Junho 14, 2011 • Deixe um Comentário

Sem sentido!

Zona T vs Margaridos

•Maio 29, 2011 • 1 Comentário

Zona T 1 vs 2 Margaridos

Nesta última jornada do Torneio Allstars, a Zona T perdeu por 2 x 1 com os Margaridos, resultado esse que a coloca a depender de terceiros para se sagrar campeão, uma vez que bastará aos Members pontuarem para que passem à sua frente.

A formação de Telheiras entrou melhor na partida e foi a equipa mais perigosa numa primeira fase do encontro, rondando com frequência a área contrária, dispondo inclusive de uma excelente chance para inaugurar o marcador, com João Pacheco a aparecer na cara de Tiago Marques e a não o conseguir bater. Boa mancha do guardião, que não só neste lance como no resto do encontro, esteve sempre à altura dos acontecimentos, mostrando grande segurança! Na resposta, os Margaridos abriram o activo; pontapé longo de Tiago Marques, Luís Vieira ganhou de cabeça e Pedro Rosa apareceu no espaço vazio deixado entre dois defesas e finalizou na área. A Zona T poderia ter empatado, mas Renato Oliveira, na conversão de uma grande penalidade ganha por ele, atirou para mais uma gigante intervenção de Tiago Marques! Mas tal como diz a velha máxima do futebol, “quem não marca, sofre”, os engenheiros de Pedro Maia dilataram o resultado, no seguimento de uma jogada bem trabalhado por Pedro Rosa, que ganhou a linha de fundo e cruzou para uma boa conclusão ao segundo poste de Vasco Marques! Em busca do resultado, a Zona T pegou nas rédeas do jogo. A poucos minutos do intervalo, conseguiram traduzir a sua pressão num golo; Pedro Ferreira cruzou, Renato atirou para uma primeira defesa de Tiago e na recarga, reduziu!

No segundo tempo, azul foi a cor predominante. Foi uma avalanche de futebol ofensivo por parte dos pupilos de João Pacheco, que deram o tudo por tudo para conseguirem os três pontos. Muito experientes e exímios a defender, os Margaridos baixaram as suas linhas e colocaram oito jogadores atrás da linha de meio campo, preenchendo bem os espaços em torno da sua área, impossibilitando que o adversário pudesse alvejar a sua baliza. Ainda assim, Renato, o elemento que mais dores de cabeça dava à defensiva contrária voltou a estar perto do golo, dominando um passe alto à entrada da área e rematando com muito estilo à meia volta contra a barra! Embora que retraídos, os Margaridos sempre que podiam, lançavam rápidos contra-ataques, procurando explorar a capacidade desequilibradora de Pedro Rosa. Num desses lances, Rosa, depois de ter ultrapassado o último defesa (“Alex”), foi travado em falta na grande área. Na conversão da grande penalidade, Vasco Fradinho acusou a pressão e atirou ao lado. Apesar do susto, os “blues” voltaram a ameaçar, na sequência de um rápido desdobramento ofensivo em que “Alex” deu para Pacheco e este assistiu Renato, que atirou já na área com espaço descaído para a esquerda pouco por cima do alvo! No último lance do encontro, com quase toda a formação da Zona T na área contrária, “Fran” na cobrança de um livre directo, atirou contra a barreira, João (estrangeiro) recuperou, aguentou a carga do adversário e isolou-se, correndo meio campo sem oposição pelo corredor esquerdo. Ao chegar à área contrária, com uma boa opção de passe, preferiu o remate, que é bem segurado por Francisco Rodrigues!

Vitória muito suada dos Margaridos e principalmente festejada pelos jogadores dos Members que se deslocaram a Pina Manique para assistir ao encontro. Se por ventura Diogo Matias e companhia se sagrarem campeões, ficam-lhes a dever uma rodada.

Members Club vs Zona T

•Maio 25, 2011 • Deixe um Comentário

Members Club 4 vs 0 Zona T

Os homens do Members Club voltaram a mostrar que estão em grande forma, desta vez aplicando uma goleada de 4 x 0 à Zona T, num jogo onde os líderes pagaram caro à ineficácia!

A equipa azul e branca entrou melhor no encontro, dispondo de algumas ocasiões para se colocarem na frente do marcador. Logo a abrir, Pedro Ferreira no meio deu mais à frente em João Pacheco, este recebeu o esférico à entrada da área, avançou em progressão e perante Dimitri Ribeiro permitiu a defesa do guardião, naquela que viria a ser a primeira de muitas! Pouco depois foi a vez de Francisco Lourenço de livre directo, à entrada da área, rematar ao ângulo superior direito, vendo Dimitri fazer uma parada fantástica, negando o golo certo! Os Members tentaram responder e conseguiram-no através de Marcos Almeida. Grande remate de longe do médio que passou a rasar o travessão horizontal da baliza adversária! Esta ocasião viria a dar animo à equipa negra, dado que conseguiram chegar rapidamente ao primeiro golo do encontro. Lançamento de Rui Fernandes da direita, João Gonçalves recepcionou na área e tocou curto para Rui Gaspar que aparecendo de rompante rematou forte para o primeiro golo do encontro! O entusiasmo veio atrás do tento e ainda antes do intervalo houve tempo para mais festejos. Rui Fernandes de bastante longe não foi de modas e enviou um bilhete para dentro da baliza contrária, sem quaisquer hipóteses para o guardião Jorge Farinha! Grande golo do médio fabuloso dos Members!

Na segunda parte, a Zona T voltou a entrar melhor, mas a eficácia voltou a não estar presente, para desespero de toda a equipa. Primeiro Francisco Lacerda rompeu pela direita, isolou posteriormente Renato Oliveira que na área atirou para defesa de Dimitri. Pouco depois, novamente Lacerda pelo meio do terreno, isolou Renato pela segunda vez que atirou forte e colocando, vendo Dimitri realizar uma fantástica parada com pé direito! Renato foi ao desespero e Dimitri à lua, dada a grande noite que estava a ter entre os postes! Mesmo a ganhar por 2×0, o ataque dos Members não se deu por satisfeito e partiu para mais tentativas de golo. Rui Fernandes bateu um livre descaído para a esquerda do terreno a pingar na área, João Capela desviou ao segundo poste e Farinha negou com o golo com uma grande parada! No entanto, viria a ser a ineficácia da Zona T que falaria mais alto. Miguel Leite com um grande corte colocou a bola jogável em Nikitas Kokorelis (estrangeiro), este isolou posteriormente Lacerda que rematou para nova defesa de Dimitri! Pouco depois, inverteram-se os papéis, Lacerda a isolar Nikitas e este à entrada da área a rematar a rasar o poste esquerdo! Foi já perto do final que os Members viriam a vantagem no marcador ser alterada para quatro golos. Primeiro, penalty assinalado por falta sobre Rui Fernandes, com Marcos Almeida a encarregar-se de colocar a bola no fundo das redes! Ainda antes do apito final, tempo para uma combinação entre Rui Fernandes e André Lucas, com o primeiro já na área a rematar cruzado para golo!

Vitória esclarecedora que adia a decisão do título para a última jornada. A tarefa avizinha-se mais complicada para os Members dado que defrontam os NoName. Já a Zona T irá opor-se frente aos Margaridos, num jogo onde todas as cautelas serão poucas. Quem irá levar o ceptro?

Zona T vs Intyme SA

•Maio 15, 2011 • 1 Comentário

Zona T 3 vs 1 Intyme SA

Foi com algumas dificuldades que os líderes Zona T venceram no passado domingo os Intyme SA por 3×1!

Os londrinos entraram em campo praticamente na máxima força excepção feita à baliza onde o estrangeiro Banzé substituiu o lesionado Francisco Rodrigues. O jogo começou em fortes tons de azul com Renato Oliveira a dar um primeiro aviso após uma arrancada pelo flanco direito que lhe permitiu aparecer completamente isolado na área, mas na hora do remate o pé direito acabou por atraiçoar o atacante que viu a bola sair muito por cima da barra! Poucos minutos depois Francisco Lourenço cortou uma bola na defensiva e com um passe de trivela do centro para a linha desmarcou Renato Oliveira que desta feita de pé esquerdo não deu hipóteses ao guardião contrário e atirou a contar! Os Intyme que até ao golo pouco ou nada se tinham visto em campo, aproveitaram algum facilitismo por parte dos Zona T para crescerem na partida muito às custas de Rui Mena e Carlos Santos que foram os mais inconformados do conjunto. Contudo o jogo chegaria ao intervalo sem mais alterações no marcador.

Na segunda parte o meio campo dos londrinos rebentou, permitindo aos Intyme continuar a carregar na procura do empate. No conjunto verde destaque para Paulo Santos que começou a aparecer na partida como principal dinamizador do futebol ofensivo do conjunto! Na melhor fase do Intyme surge o empate, Pedro Santos aproveitou uma bola perdida após um canto para atirar de primeira ao ângulo, 1×1! Pouco depois Banzé brilhou ao defender o remate de meia distância de Carlos Santos que levava selo de golo! Contra a corrente do jogo, os Zona T voltaram para a frente no marcador. João Pacheco acabado de entrar, aproveitou um mau atraso da defensiva contrária para recuperar a posse de bola e atirar cruzado para o fundo das redes! Já perto do final o líder deu a estocada final no marcador. Renato Oliveira rematou à porta da área para uma defesa incompleta do guardião da Intyme, a bola sobrou para Filipe Matos que sem contemplações atirou um balázio para o fundo das redes!

Este resultado deixa a formação de João Pacheco a uma vitória de se sagrar campeã da liga A, enquanto em sentido contrario os Intyme SA permanece na desconfortável sétima posição a quatro pontos dos Margaridos!

8 Ideal:
Francisco Lourenço (Zona T)

NoName vs Zona T

•Maio 11, 2011 • Deixe um Comentário

NoName 0 vs 0 Zona T

Em jogo importante na luta pelo título, os NoName empataram com a Zona T 0x0 e o empate acabou por ser favorável à formação de Telheiras.

O jogo começou com ritmo elevado e muita pressão, com ambas as equipas a jogar bem, a disputar muito a bola e a tentar a distância, na esperança de surpreender o guarda-redes adversário. Aos poucos a Zona T conseguiu pôr a bola no chão e após um passe de ruptura de Pedro Ferreira, Francisco Lacerda apareceu isolado, mas foi rasteirado por Mingas quando se preparava para marcar… Pedro Ferreira foi lá bater, mas Hugo Moura defendeu com grande classe e deu o primeiro sinal do que viria a ser a sua exibição! O resto da primeira parte foi disputado em grande velocidade, com a Zona T a praticar um futebol directo. Renato Oliveira, em constantes ziguezagues pelo flanco, criou vários desequilíbrios e revelou-se mais uma vez peça fundamental na estratégia dos comandados de João Pacheco. Antes do intervalo, a melhor oportunidade surgiu quando Nikitas Kokorelis recebeu um passe longo: só não deu em golo por muito pouco! Os NoName fizeram uma primeira parte em que, apesar de terem muitas vezes a bola, não conseguiram criar qualquer tipo de perigo.

Na segunda parte, os NoName entraram com um ligeiro ascendente e a um centro de Spike, João Cotta respondeu com um cabeceamento perigoso, que saiu a rasar a barra! Até ao final da partida, a Zona T mostrou-se muito bem no plano defensivo e conseguiu cortar pela raiz grande parte dos ataques dos NoName. Na segunda parte, sobretudo no fim do jogo, a Zona T conseguiu criar várias jogadas de perigo em contra ataque, estando mesmo muito perto de marcar por duas vezes. Num lance de três para um, Renato Oliveira abriu para Manuel Abegão que atirou à figura… Falhanço incrível! Depois, Renato combinou bem com Lacerda e só não marcou porque Moura evitou com os pés, em mais uma boa defesa!

Os NoName fizeram um jogo que podia ter sido mais criativo, no entanto há que dar o devido mérito à excelente exibição em termos defensivos da Zona T. Depois, para haver golos só faltou mais sorte e melhor capacidade de finalização. Ainda assim, um bom jogo de futebol, que não defraudou as expectativas dos sócios e adeptos!

Zona T vs Los Brigateros

•Maio 1, 2011 • Deixe um Comentário

Zona T 2 vs 0 Los Brigateros

Frente aos Brigateros, a Zona T triunfou por 2 x 0, resultado esse que a mantém no trono da Liga A!

No que foi uma primeira parte bastante táctica e fechada, principalmente disputada a meio campo e com os dois lados a jogar para os três pontos, dentro do equilibrado, os Brigateros tiveram um pouco mais de iniciativa, embora com isso não tenham conseguido ultrapassar o coeso bloco defensivo liderado por “Alex”. Embora mais retraída, a Zona T nas poucas vezes que chegou ao à área contrária, apontou um golo e acertou uma bola na barra. Após um primeiro remate de João Pacheco, Filipe Matos na recarga, inaugurou o marcador! Passados poucos minutos, após uma boa incursão individual conduzida por Pedro Ferreira, João Pacheco sem oposição em posição frontal, atirou contra o travessão da baliza de José Virgílio! André Alves, o elemento mais inconformado da sua equipa ainda assustou o guardião Farinha (estrangeiro), num lance em que rasgou pela esquerda e rematou para defesa apertada.

No segundo tempo, os Brigateros carregaram, mas uma vez mais o compacto bloco defensivo contrário não deu espaços para que conseguisse alvejar a baliza de Farinha, uma vez que defendiam com toda a equipa atrás da linha da bola. No que foi o único lance de destaque da etapa complementar, a Zona T apontou o segundo golo da partida, num lance em que “Alex” pegou na bola a meio campo, conduziu-a até à linha final e cruzou para o segundo poste, onde apareceu João Pacheco a rematar cruzado e enrolado, apanhando o GR contrário em contra-pé.

Num jogo que peca por pouco emotivo, uma Zona T com a lição bem estudada ultrapassou mais um difícil obstáculo rumo ao título. Tacticamente, estiveram perfeitos!

8 Ideal:
Nuno “Alex” Machado (Zona T)

Zona T vs Fretilin

•Abril 26, 2011 • Deixe um Comentário

Zona T 2 vs 0 Fretilin

À passagem da décima terceira jornada Zona T e Fretilin voltavam a encontrar-se numa partida relativa ao campeonato! Naquilo que foi uma partida de apenas um sentido os azuis de Telheiras acabaram por confirmar o favoritismo inicial e venceram por 2×0, num autêntico festival de golos falhados!

A Zona T começou na “frente” da partida e logo nos primeiros minutos começou a causar perigo junto da baliza guardada por Caco. O suspeito do costume Renato Oliveira descaído na direita, arrancou para o meio e fez a diagonal, quando se preparava para rematar saiu-lhe Mac (Los Moustaches) ao caminho que foi obrigado a travá-lo em falta! Chamado à conversão Pedro Ferreira, em jeito, colocou a bola na gaveta, mas Caco com uma grande intervensão, a primeira de muitas na noite de hoje, evitava um golo de encher o golo! Canto! A Fretilin respondeu na sequência de um erro directo da defesa azul, Miguel Leite, hoje a actuar na direita da defesa perde em zona proibida e permite o roubo de bola a Caetano (DBTeam) que arranca e dispara de longe mas por cima da baliza adversária, muito graças ao pressing de Fran, que Frango agradeceu. E logo de seguida a Fretilin volta a dispôr de uma boa ocasião na sequência de um livre directo em zona central, novamente com Caetano a “bater” mas desta feita o remate saiu ao lado do poste esquerdo da baliza guardada por Frango, que parecia ter tudo controlado, como de resto é costume neste GR. De volta ao ataque azul e de volta a Renato, o extremo volta a fazer estragos ao fazer a mítica diagonal mas desta feita solta um segundo mais cedo pelo meio dos centrais para a entrada de Xico Lacerda que na cara do golo falha escandalosamente! Era o início da “saga”, do festival de golos falhados! Quase instantaneamente na sequência de um saída rápida para o contra ataque Pacheco aparece solto, e isolado, perante a passividade da defesa, e na cara de Caco não acerta com a baliza! E logo de seguida era uma combinação RenatoPacheco que isolava novamente o striker que desta vez embarrava no grande Caco, que dava o corpo ao manifesto para mais uma grande intervenção e mantinha assim o nulo na partida! O festival de golos falhados continuava, na sequência de uma boa jogada entre Xico e Renato, numa clara “troca de papéis” era a vez da “gazela” da Zona T permitir a Caco nova defesa fantástica quando o médio tinha tudo, mas tudo para fazer o golo! Em cima do apito para o descanso mais um bom lance na direita entre Pacheco e Renato, com Renato a tirar do caminho dois adversários num pormenor técnico fantástico e novamente na cara do golo a precipitar-se e a atirar por cima… para desespero total da afficíon!

A turma azul reentrou para a partida a carregar, mantendo a toada do primeiro tempo e não tardou em fazer o primeiro golo da noite. Ainda assim, antes do golo inaugural tempo para mais um grande lance… a culminar num grande falhanço. Tudo começa nos pés do capitão João Pacheco que em zona central abre na direita para a entrada de Abegão que temporiza e tira um grande cruzamento para a entrada de Pedro que depois de ver a defesa falhar o corte não acredita e não consegue fazer o golo ao segundo poste com a baliza escancarada! Na sequência, no entanto, chegou o primeiro golo da noite. Abegão em modo Xavi, como de resto é habitual, no meio, com um passe de génio isola Pacheco que só tem de desviar perante a saída de Caco! Golaço da Zona T, que vinha acalmar um pouco a partida! No entanto e por mais que o jogo tenha caído um pouco a Zona T continuava em busca do segundo golo, e na sequência de uma longa troca de bola ficavam perto de fazê-lo. Alex no meio abria na esquerda em Abegão que cruzava para o primeiro poste onde Pacheco desviava de calcanhar… mas ao lado! Teria sido um grande golo! Para surpresa de todos os presentes ou não o empate esteve à vista e só não aconteceu por milagre, Caetano levanta da esquerda para o segundo poste, Frango, mero espectador na segunda metade, compromete e deixa à mercê de Vargas que não faz golo devido a intervensão crucial da defensiva azul! Dramático!

A Zona T respondeu com o segundo e último da noite depois de Xico Lacerda, junto à linha de cabeceira na esquerda, atrasar para Pacheco encostar!

Destaque: Zona T
Mais uma grande partida dos comandados de João Pacheco, que hoje apontou mais dois golos e assim lidera a lista de melhores marcadores! É de facto impossível não fazer o paralelo da actual equipa com a de à duas épocas, onde depois de fazerem o primeiro golo da noite se remetiam todos à defesa e punham literalmente o “autocarro” para segurar a magra vantagem! Hoje a Zona T é uma equipa com uma nova personalidade, forte, e com uma dinâmica ofensiva fantástica que previlegia o futebol espectáculo e assenta numa lógica apenas, fazer golos e mais golos! O resultado está à vista!

8 Ideal:
Francisco Lourenço (Zona T)
João Pacheco (Zona T)